Vita Hábil - Soluções em Reabilitação

Biblioteca da TO
A+ A-

21/04/2011

Loucura e espaço urbano : um estudo sobre as relações Franco da Rocha - Juq

Os hospitais psiquiátricos públicos caminham lentamente para a extinção, quer pela transferência de seus pacientes para hospitais particulares, quer pelo esgotamento desse modelo de intervenção, quer ainda pelo surgimento de uma série de outros dispositivos assistenciais e sociais. O Asilo de Alienados do Juqueri - por ter sido o primeiro no Estado de São Paulo e, no seu período áureo, o maior complexo hospitalar do Brasil foi um marco fundamental no modelo que tinha o manicômio como principal instrumento terapêutico. O hospital determinou profundamenteo destino e o crescimento do pequeno vilarejo onde foi instalado e que hoje se con.stitui no município de Franco da Rocha. Além de ter sido a principal instituição empregadora da cidade até a década de 70, ele também marcou as relações políticas econômicas e administrativas e a organização social do município que cresceu ao seu redor. Hoje, o Juqueri está decadente e esquecido. Seus 2.000 pacientes crônicos aguardam silenciosamenteo próprio fim junto com o do hospital, que não recebe pacientes novos. A cidade, por outro lado, cresceu e se transformou numa cidade-dormitório que tem, na capital e no trem, seu principal motor. Este trabalho discute a influência do Juqueri na constituiçãodeste município e sua importância,ao longo de um século, não só no crescimento da cidade, mas também na determinação das citadas relações, dos aspectos culturais e de uma identidade daqueles moradores em torno do asilo e da loucura. Discute também a possível influência do Juqueri na geração de demanda psiquiátrica devido ao convívio próximo e simbiótico entre cidade e hospital. Para isso, estudamos a formação histórica do município, procurando detectar. a influência do asilo nesse "`I` processo. Procuramos, ainda, através de entrevistas e do estudo das representações que delas emergem, verificar os aspectos subjetivos para a comunidade do convívio com o hospital, nos seus aspectos subjetivos. Frente à decadência do manicômio e à sua transformação e, paralelamente, ao crescimento da cidade e à perda de importância do Juqueri, pudemos verificar também o impacto do fim do asilo, o possível destino das suas ter as e a transformação do modelo hospitalar para o ambulatorial com suas conseqüências para a comunidade. Realizamos, por fim, um estudo comparativo da demanda psiquiátrica que recorre aos serviços extrahospitalares, buscando verificar o peso do asilo na constituição dessa demanda .

Idioma: Português
Data de Publicação: 1995
Local de Publicação: Campinas, SP
Orientador: Everardo Duarte Nunes
Instituição: Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Ciências Médicas
Nível: Tese (doutorado)
UNICAMP: Programa de Pós-Graduação em Ciências Médic

Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp
Autor: Selma Lancman
http://cutter.unicamp.br/document/?code=vtls000109166